Blog

mar 13

6 dicas para um folder de sucesso!

O Folder é um material super importante de apoio ao departamento de marketing e hoje vamos lhe dar aquela forcinha para entender os pontos de destaque na criação desta peça gráfica.

1 – Logotipo

Nem precisa dizer que este é o item essencial… O logotipo é a assinatura da sua empresa e deve estar presente no folder para reforçar quem é o autor do serviço/produto apresentado. Ele deve ser harmônico com o projeto gráfico desenvolvido para que se crie uma unidade de identidade visual.

2 – Cores

O ideal é que as cores usadas no folder sejam as mesmas da marca. Em caso de monocromia, trabalhe o esquema de variação de saturação e brilho da mesma matiz ou ainda utilize cores opostas do círculo cromático (esquema complementar). Esta última, pode ser uma excelente alternativa para trazer vida, realçar pontos importante e criar contraste.

Usar harmonia das cores poupa um grande tempo com testes de quais cores combinam e permite um equilíbrio visual agradável. Além do monocromático e complementar, outros esquemas de cores podem ser usados, como: Esquema análogos (duas ou mais cores do lado no círculo) ou esquema triádico (três cores espaçadas uniformemente no círculo).

Outro ponto importante no uso das cores é entender o tipo de público e produto apresentado, assim é possível definir se ele deve ser mais clean e sóbrio, ou visualmente mais carregado e colorido.

3 – Público  

Como dito acima, entender o seu público é fundamental para definição de cores e também do layout da peça.

Um público mais jovem e despojado, permite o layout mais arrojado, já um cliente B2B do mercado corporativo, requer um layout mais estruturado.   

4 – Conteúdo

O conteúdo deve passar com clareza o que você faz ou vende. Evite textos muito extensos e se possível simplifique termos muito técnicos.

Pense como leitor e em como ele irá se sentir ao ler a peça. Faça como seu folder seja uma extensão de sua fala.

Ainda no conteúdo realce pontos importantes e tenha frases de destaques que demonstrem a importância do seu produto/serviço para o cliente final.

5 – Imagens

Sempre que possível utilize imagens reais do seu negócio. Evite fotos de celulares mal enquadradas, escuras, que não estejam em harmonia visual com a peça e principalmente fotos em baixa resolução.

Se utilizar imagens comerciais, trabalhe sempre com banco de imagens licenciados, mesmo que seja gratuito. Vale lembrar que o Google não é banco de imagens e a maioria das fotos salvas do buscador são protegidas por direitos autorais.  Isso pode implicar em um grande processo, então não utilize.

6 – Gramatura e acabamento do papel

De nada adianta trabalhar muito bem digitalmente e na hora de produzir o material escolher materiais e acabamentos que não valorizam a peça.

O papel mais recomendado para folder é o couchê, pois ele possui um bom acabamento e menos absorção de tinta, deixando imagens mais bonitas e vivas. Quanto maior a peça recomendamos que melhor seja a gramatura, afim de evitar que ele fique muito mole e dobre na leitura. Cuidado com a quantidade de dobras do folder e considere esse fator na escolha da gramatura do papel, pois quando tudo estiver pronto e dobrado o papel iria acumular gramatura.

Peças escuras ou com impressões presentes em dobras merecem acabamentos extras como: laminação fosca ou brilho total afim de evitar que a impressão “quebre” na dobra, principalmente em gramaturas maiores.

A laminação também protege o papel de marcas como digitais ou arranhões, principalmente em preto.

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.