Defina sua identidade!

dez 01

Defina sua identidade!

Quando uma nova empresa pretende iniciar suas atividades no mercado, além de planejar as etapas administrativa e financeira, ela deve voltar sua atenção para o marketing, pois ele tem muito a dizer.

É comum no nascimento de novas empresas que dúvidas quanto ao nome do negócio e signo (logotipo) que irá representar a marca perante aos clientes sejam levantadas nas primeiras reuniões. Essa pressa pela identidade visual faz com que o empreendedor se esqueça de que antes é preciso ter um conhecimento mais profundo sobre o mercado que lhe espera lá fora, para que sua marca seja bem vista e aceita.

Ao planejar um novo negócio, o empresário precisa conhecer o perfil daquele que será seu público, pois será para ele que toda a linguagem visual deverá ser desenvolvida. Para conhecer melhor esse perfil é necessário montar um plano de marketing para empresa, uma vez que será ele que manterá a empresa no eixo e preservará o foco para atingir os objetivos mercadológicos.

Feito isto, e conhecendo melhor o seu público, é mais fácil planejar um nome e levantar algumas ideias sobre o que pode simbolizar a sua empresa. Após esse entendimento, chega a hora de contratar um designer ou uma agência para desenvolver a sua identidade visual.

“Mas se eu já sei quem é o publico não posso fazer sozinho?”

O que vimos até agora é apenas uma pequena etapa na construção de uma identidade. A partir daí, o designer irá trabalhar a representação visual de sua empresa. Cabe a ele também escolher qual a tipografia mais adequada (caligráfica, transicional, itálica, moderna, sem serifa entre outras), cores, proporções e alinhamento mais adequado à sua marca, unindo as preferências do cliente e público da marca.

Além do logotipo, seu designer poderá lhe auxiliar sobre quais peças gráficas serão necessárias para sua empresa, como: Cartão de visitas, envelope, timbrado, crachá, folder, website e etc. Ao contratar um designer para esse trabalho ele irá produzir também o seu manual de identidade visual, que norteia o uso correto do logotipo pra que não haja distorções no decorrer do uso por funcionários ou terceiros.

Abaixo, deixamos algumas dicas que podem contribuir na construção da imagem da sua nova empresa, bem como auxiliar na escolha do designer que irá lhe atender.

1- Apenas divulgue sua empresa ao mercado após ter seu nome fantasia definido. Crie, pesquise nomes de concorrentes, escreva diversas opções, faça uma pesquisa com amigos sobre a escolha do nome e somente fique com aquele que lhe traz segurança, evitando mudanças após divulgação.

2- Para a criação do logo anote as ideias que mais lhe agradam, como por exemplo: “eu gostaria que o logotipo do meu restaurante tivesse um garfo ou colher incorporado ao signo” e passe esse trabalho para um designer, pois ele terá conhecimento técnico para contextualizar melhor a sua ideia.

3- Saiba que algumas cores podem não funcionar bem para determinadas áreas, então converse com seu designer sobre suas preferencias, mas esteja aberto para aceitar sugestões adequadas.

4- Seu designer, além de criar seu logotipo, deve lhe entregar os arquivos finais e em alguns formatos para uso, que podem variar dependendo da necessidade. O primordial é que ele lhe entregue o logotipo em formato vetorial que pode ser: *.ai, *.cdr, e *.eps, e em várias versões para que ele possa ser usado em processos onde há algumas limitações gráficas. Os arquivos vetoriais devem ser guardados, pois, serão solicitados para uso na criação de qualquer peça gráfica.

5- “Quanto vou gastar?” Criar um logotipo, nem sempre é um trabalho barato, pois ele requer pesquisa, empenho e conhecimento técnico para que seu logotipo não seja apenas um desenho qualquer, mas sim um signo que transmita uma mensagem.

Entendendo a importância da identidade visual a Dezê é capaz de criar projetos exclusivos, consulte-nos!

Leave a reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.